Lideranças da cidade de Guaratuva/PR visitam a sede da Pitaya do Brasil

Pitaya do Brasil promove incentivo entre lideranças da região.
dezembro 11, 2017
Pitaya do Brasil na Expoagro Afubra
março 12, 2018

No último dia 13 de dezembro a A PITAYA DO BRASIL empresa líder na comercialização do fruto de pitaya no país, promoveu um encontro entre lideranças e produtores do município de Guaratuba, cidade litorânea do estado do Paraná.
A comitiva que esteve presente na sede da empresa em Lomba Grande/Novo Hamburgo/RS, foi recepcionada por Rafael Rodrigues, sócio na empresa e Diego Thiesen, agente administrativo.
Estiveram presentes Representando Sr. Prefeito Roberto Justus, da cidade de Guaratuba/PR, Sr. Vandir Esmaniotto;
Sr. Alaor Oliveira Miranda, vereador da cidade de Guaratuba/PR, agricultor de banana;
Sr. Paulo Araújo, diretor da agricultura e do meio ambiente da cidade de Guaratuba/PR;
Sra. Elaine C. Stolf Correa, agrônoma da cidade de Guaratuba/PR;
Sra. Valdirene V. Stolf, Antonio L. Netto, Valdir M. de Souza e Antonio M. de Souza Filho agricultores da cidade de Guaratuba/PR.

A grupo que participou da reunião almoço teve como foco a apresentação das potencialidades do fruto para a economia de diversos setores como produção direta e manufaturados a partir da pitaya.
Entre as diversas novidades apresentadas em relação ao fruto, está o processo de liofilização, que ocorre em parceria entre a Pitaya do Brasil e universidade Unisinos de São Leopoldo, também no estado gaúcho. Liofilização é o método de retirar a água de qualquer produto sem perder propriedades nutricionais.
Com diversos benefícios a saúde e a riqueza de valores nutricionais da fruta, a empresa aposta no consumo de pitaya como alimento funcional para idosos e também como composto alimentar para crianças em bases escolares em um futuro próximo.

Para Rafael Rodrigues da Pitaya do Brasil a expansão da pitaya no país está apenas em fase inicial, mas em um crescente sem volta. “A caráter de países da Ásia como Tailândia, Laos, Vietnam e Camboja, (maiores produtores mundiais de pitaya) o Brasil oferece em seu vasto território e condições ideais para ser uma alternativa rentável para os tipos de produtores. Nossa expectativa é triplicarmos a área plantada em 2 anos.”
Os convidados tiveram a oportunidade de degustarem frutos e sucos a partir da fruta, também de conhecer derivados produzidos através com a pitaya como: cerveja, sorvetes e cosméticos.

“Além de ser uma excelente opção de cultivo paralelo em consórcio com outras atividades, a pitaya demanda baixa manutenção em comparação a muitas outras atividades primárias de plantio”. Salienta Diego Thiesen.
A empresa Pitaya do Brasil segue no incentivo ao crescimento da produção de pitaya como alternativa sustentável de produção agrícola.

1 Comentário

  1. SANDRA LUCIA ALVES disse:

    A Pitaya é a fruta que vai avançar na produção e venda do Brasil em 2018.

    Apostamos tudo nisso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
19 + 9 =